Review FALLOUT 4

Fallout 4 foi lançado mundialmente no Playstation 4, Xbox One e PC no dia 10 de novembro. O jogo foi desenvolvido pela Bethesda e é construído com o mesmo motor que impulsionou Elder Scrolls: Skyrim.

Para os jogadores que não estão familiarizados com a série, não se deixe levar por esta parte do jogo ser de uma franquia. É muito mais um jogo autônomo e você terá um ótimo tempo explorando.

Para os fãs da série Fallout o jogo é imediatamente reconhecível, é como andar de bicicleta depois de alguns anos com a emoção de ser a primeira vez.

Fallout 4 ocorre 200 anos após uma guerra sobre os recursos que terminaram em um holocausto nuclear. O cenário para este jogo é pós-apocalíptico Boston, Massachusetts, conhecida como a Commonwealth.

Eu poderia elaborar mais sobre o Fallout 4, sua história e enredo, mas eu não quero dar nenhum spoiler de distância. A história tem uma maturidade emocional que tem vindo a se desenvolver através de títulos da Bethesda, nos últimos dez anos. No entanto, a maneira em que o jogo requer que você suba de nível para continuar a história principal pode criar obstáculos óbvios.

A Bethesda Games, como todos RPGs, vai te deixar maluco ao explorar o mundo aberto, com muitos itens a serem pegos. Ai você pensa:  “Eu preciso dessas placas lascadas e revistas podres?”

O estúdio começou a justificar esse comportamento em Skyrim, com a capacidade de criar poções, armas modernas e construir uma casa. Fallout 4 ampliou esse conceito, permitindo que os jogadores construam seus próprios assentamentos.

A primeira vez que você fizer isso na história, será um processo chato e tedioso, mas uma vez que você tem tempo para sentar-se e fazê-lo corretamente, você pode criar alguns lugares incríveis.

Ele não tem a profundidade de Minecraft, mas é completamente satisfatório e não exige que você fique preso em uma mesa de fabricação o jogo inteiro.

Montar armas é uma experiência agradável e permite alguma criatividade. É uma experiência muito mais pessoal e muito importante para o combate, como uma ligeira mudança estética pode fazer uma grande diferença.

O combate também foi melhorado ao longo do Fallout 3. O sistema IVAs ainda está lá para permitir tiro tático em câmera lenta, mas o jogo tem um FPS sólido para ele se sentir. Pode não ser tão polido como Call Of Duty ou Destiny e está mais perto de Bioshock e Dishonored, mas ainda é uma grande experiência.

Os companheiros são envolventes, no entanto a falta de expressão é visível, o companheiro canino é o melhor no jogo ele obedecerá comandos para explorar uma área ou coletar algum tipo de recurso, como munição, por exemplo e  também o comando ficar. No entanto, atualmente o perdi em algum lugar e não me lembro onde.(rsrsrs)

O jogo é totalmente single player e tem mais do que conteúdo suficiente para mantê-lo ocupado durante mais de 200 horas. Há uma grande quantidade de terra para cobrir, inimigos para matar e quests para fazer.  Vamos dizer que me lembra muito The Witcher 3.

A configuração Fallout 4 é majestosamente construída para imergir os jogadores plenamente em um retro-futuro pós-apocalíptico, com uma adição de luz e excelente trilha sonora, esse combinado contribui para o sentimento de pavor que é explorar esse universo pós-apocalíptico.

Durante o desenvolvimento do jogo um recurso que Bethesda focou em comparação aos seus antecessores foi a melhora do diálogo. A árvore de conversa mudou de opções de frases completas para termos indefinidos que requerem menos leitura pelo jogador e acelera o processo para torná-lo mais fluido ser.

Graficamente o jogo parece ser bom, mas não tão bom quanto você pensa que poderia estar no Playstation 4.

A maior queda deste jogo é os bugs. Embora isso não é tão ruim quanto em outros títulos lançados nos últimos anos.

Nas primeiras três horas a jogar o jogo eu encontrei quatro casos de NPCs repetir-se ou o diálogo de repente cortando.

 

Mais ainda sim Fallout 4 se juta aos nomes que irão concorrer ao GOTY 2015, tais como The Witcher 3: Wild Hun, Metal Gear Solid 5, Bloodborne entre outros. Se você é fã da franquia se surpreenderá, caso seja jogador de primeira viajem deu uma chance ao jogo e a sua curiosidade, pois se você é fã de RPG e FPS, Fallout 4 te proporcionará boas horas de deverão.

Lucas Pellegrin

Um geek louco cursou Administração de Empresa, fã de games em geral, viciado em series, filmes e animes, amante de uma boa cerveja e um bom papo de buteco.