Review: Novas edições de Jurassic Park e O Mundo Perdido pela editora Aleph

É certo que uma das melhores coisas do início dos anos 90, foram os significativos avanços na computação gráfica; um artifício que permitiu o cinema entregar vida à grandes produções, entre elas, minha favorita, Jurassic Park no ano de 1993. O que poucos sabem é que o filme foi adaptado de uma obra literária, escrita pelo afamado autor americano Michael Crichton, o livro foi lançado em 1990 e pioneiramente trouxe o famigerado título “Jurassic Park.” Em 1995 tivemos uma continuação, essa também ganhou uma adaptação para os cinemas dois anos depois, compartilhando do mesmo título “O Mundo Perdido” (The Lost World). Ambos os livros foram traduzidos para o nosso idioma, e chegaram ao Brasil ainda na década de 90, pela editora Rocco. Apesar de alguns relançamentos, nos últimos anos, houve muita dificuldade em encontrar tais exemplares, até que a editora Aleph trouxe novamente os livros para as prateleiras.

As novas edições trazem um visual que já é marca registrada da editora, apresentando cores vivas e marcantes por todo o livro, além de uma diagramação pontual. Ambos se contrastam em cores, Jurassic Park trazendo capa preta, com lombadas vermelhas e O Mundo Perdido, capa vermelha com lombadas pretas e juntos proporcionam uma possibilidade de exibição interessantíssima nas estantes ou expositores. Você pode conferir nas fotos:

jurassic parkaleph 127527467_3GG alephjpalephjp   alehjpIMG_9738

As edições também contam com uma linguagem atualizada, e ótimas adaptações dos mapas e ilustrações contidos nas edições originais. O produto esbanja qualidade visual, ao tempo que cuida de seu texto e formatação, gerando assim uma excelente aquisição para os fãs da obra. Confira as sinopses e fichas técnicas:

Jurassic Park
Sinopse
Uma impressionante técnica de recuperação e clonagem de DNA de seres pré-históricos foi descoberta. Finalmente, uma das maiores fantasias da mente humana, algo que parecia impossível, tornou-se realidade. Agora, criaturas extintas há eras podem ser vistas de perto, para o fascínio e o encantamento do público. Até que algo sai do controle. Em Jurassic Park, escrito em 1990 por Michael Crichton, questões de bioética e a teoria do caos funcionam como pano de fundo para uma trama de aventura e luta pela sobrevivência. O livro inspirou o filme homônimo de 1993, dirigido por Steven Spielberg, uma das maiores bilheterias do cinema de todos os tempos.

Ficha
Edição: 1°
Ano: 2015
Número de páginas: 528
Acabamento: Brochura
Formato: 16x23cm
Peso: 0,650kg
COMPRE AQUI

O Mundo Perdido
Sinopse
Seis anos se passaram desde os terríveis acontecimentos no Jurassic Park. Seis anos, desde que o sonho extraordinário, nos limites entre a ciência e a imaginação humana,acabou se tornando um trágico pesadelo. A Isla Nublar não era o único lugar usado por John Hammond em suas pesquisas genéticas de ponta. Agora, o matemático Ian Malcolm e uma equipe de cientistas – além de certos “pequenos clandestinos” – devem explorar outra ilha na Costa Rica, repleta dos mais perigosos dinossauros que já caminharam pela Terra.

Ficha
Edição: 1º
Ano: 2016
Número de páginas: 488
Acabamento: Brochura
Formato: 16x23cm
Peso: 0,600kg
COMPRE AQUI

Renan Gonçalves

Geek assumido. Historiador, assíduo leitor, consumidor de cultura pop (o pop não poupa ninguém). Apaixonado por dinossauros e filmes desde que vi Jurassic Park no cinema! O filme que me desvirginou em 93. Fã de carteirinha de James Bond, desde que vi ele saindo com várias mulheres em todos os filmes, mas ele não me desvirginou (Eu acho). Apelido NAN ou Gaúcho, pois uso nó maragato e até de ginete algumas vezes!