Entrevista com a banda Gaijin Sentai

DSC02639

São poucas as bandas, que dentro do vigor atual dos tempos, conseguem desprender alguma originalidade ou ainda adentrar os campos do pioneirismo; por sorte em nosso território nacional, eventualmente despontam potências musicais, que apesar das intempéries do mercado fonográfico brasileiro, transbordam em qualidade técnica e originalidade; caso esse da banda originaria de Caraguatatuba Gaijin Sentai, pioneiros e um dos únicos grupos nacionais que atuam dentro do J-Rock, e o fazem com tremenda maestria, misturando estilos tupiniquins típicos com Heavy Metal e Rock ‘n’ Roll. A banda composta por brilhantes instrumentistas e traz Nordan e Red Dani nos vocais, além de ótimas canções autorais, faz releituras dos temas de animes e tokusatsus que marcaram época. No ultimo domingo, tive a oportunidade de acompanhar um show da banda, que gentilmente concedeu uma entrevista para nosso site durante o encerramento do projeto @Geek no Sesc Catanduva, onde você pode companhar toda nossa cobertura do evento através desse link. Hoje, como prometido, trago essa entrevista que você confere agora!

As perguntas foram respondidas por Nordan, vocalista e líder da banda.

Primeiro disco oficial “OST.”

Logo de início pedi mais informações sobre o primeiro disco que a banda gravou, intitulado “OST.”

Nordan comentou sobre a importância do primeiro trabalho lançado em fevereiro de 2013, e conseguido através de um edital, o PROAC (Programa de ação cultural) do governo do estado de São Paulo, onde a banda fora selecionada entre mais de 500 projetos, possibilitando assim a gravação do disco que foi um sucesso de críticas em sites especializados, e tal feito foi alcançado dentro de um gênero musical pouco difundido em território nacional.

Expectativa para Turnê Internacional e novo disco.

Questionei o vocalista sobre a expectativa para retornar à Europa em outubro para uma turnê que cobrirá 3 países e ainda passará pelo Japão.

Nordan nos contou sobre a empolgação de retornar pela sexta vez á Europa, onde já tocarem em países como Portugal e França. Segundo ele, Portugal fora o início, onde começaram junto com os grandes eventos de animes, e hoje já reúne uma grande quantidade de fãs dentro do território Luso, o vocalista também comentou sobre sua passagem por lá no primeiro semestre, onde ficou surpreso com tamanha recepção. A banda ainda tem altas expectativas acerca de tocarem na Espanha pela primeira vez em turnê. Nordan também revelou informações sobre seu novo álbum, que será gravado em passagem da turnê pelo Japão, o mini-álbum virá pela gravadora japonesa Colormark Music, responsável por nomes como Tsubasa Imamura. O disco ainda deverá ser lançado no final desse ano.

Importância da Internet no trabalho da banda.

Pedi para o vocal comentar sobre a importância do Youtube e redes sociais.

Nordan disse que sim! São ferramentas importantes para divulgação do trabalho, porém a banda conta com uma estrutura clássica em sua divulgação, e o prefere fazer através de shows e outros artifícios, como era antigamente. O vocalista ainda evidenciou o prezar da banda por tal estrutura clássica dentro do Rock ‘n’ Roll e que isso ainda caracterizou uma trajetória diferente de outras bandas atuais impulsionadas pelos meios online.

Filmes e Séries. Ainda há tempo?

Questionei Nordan sobre a disponibilidade de tempo para ver as séries, séries que inclusive têm seus temas executados com maestria pela banda durante os shows.

Nordan respondeu que no tempo livre, tem predileção pelas séries clássicas como a primeira fase de Star Trek, e também tem muito amor pelo cinema de horror clássico, sendo os anos 70, sua época preferida para o gênero, porém também viu séries recentes como Breaking Bad.

Jogos e Board Games.

Perguntei para Nordan, se como a maioria da galera do universo Geek, ele se divertem com jogos.

O vocalista afirmou que gosta de jogar em consoles, sendo o último título jogado “The Last of Us.” Porém Nordan deixou claro sua predileção por board games como Eldritch Horror, tendo sua coleção em constante expansão, ele ainda afirmou que descobriu nos jogos de tabuleiro a possibilidade de reunir seus amigos em prol da fraternidade e da interação humana proporcionada por esse tipo de entretenimento. 

Para encerrar trago a galeria de fotos do show !

 

 

Renan Gonçalves

Geek assumido. Historiador, assíduo leitor, consumidor de cultura pop (o pop não poupa ninguém). Apaixonado por dinossauros e filmes desde que vi Jurassic Park no cinema! O filme que me desvirginou em 93. Fã de carteirinha de James Bond, desde que vi ele saindo com várias mulheres em todos os filmes, mas ele não me desvirginou (Eu acho). Apelido NAN ou Gaúcho, pois uso nó maragato e até de ginete algumas vezes!