Sounds Awesome: Gary Clark Jr

Awesome mood with Gary Clark Jr.

Por João Motta

20131126_gary-clark-jr-tune_91

Gary Clark Jr, músico jovem, expoente no blues e blues-rock contemporâneo, é norte-americano e ocupa um nicho pouco explorado na música atual. Ainda mais curioso é que ele vem do Texas, território de outros estilos.

Sua mistura é ritmica, tem um humor em geral animado e apaixonado, com algum vigor em algumas faixas que já lembra um rock comum, podendo até ser descontraído.

Seus dois discos por selos de renome são Blak and Blu  e The Story of Sonny Boy Slim , porém há também um EP The Bright Lights, e um Live. Se me perguntarem qual o disco ouviria, primeiro eu respondo Black and Blu, talvez por mais exposição.

Todas os discos e músicas citadas estão na playlist Awesome mood with Gary Clark Jr.

 

O disco Blak and Blu é emocional, cheio de voltas, fisgadas, caminhando de faixas rápidas como ‘Travis County’ e ‘Glitter Ain’t Gold’, e a mais lentas, ‘You saved me’ e ‘Things are Changin’. Ritmo mais marcante você encontra na faixa ‘Blak and Blu’.

The Story of Sonny Boy Slim é, em geral, mais rápido mas com humor mais reservado. Salvo algumas opções como Church, ‘Down to Ride’ e ‘Stay’, entre outras, que são de levada mais lenta.

O disco ao vivo tem uma boa dose de experimentalismo, além de covers muito bem feitos (como o de Catfish Blues, do Hendrix, novamente), ‘Three O’clock Blues’ (preciso dizer o nome do autor principal? OK, BB King) e tem mais.

Ouvir o trabalho de Gary Clark Jr. é recomendado para aqueles que tem procurado a sonoridade do blues na música atual, porém é bem observado que não está fácil encontrar material.

Músicas descompromissadas, experimentais, temas cotidianos e muitas vezes orbitando os não tão novos problemas dos relacionamentos humanos, com um toque de viagem e sofrimento. Música boa, emocional. Sugiro conferir com cuidado o mix de Hendrix e Albert Collins em ‘Third stone from the sun/If you love me like you say’.

Os clipes de Ain’t Messin’ Round são muito legais, confira aqui:

 

Bem como o de Numb:

 

E The Healing:

 

Músico jovem, carreira no começo, nada mal acompanhar e ver o que os próximos anos podem apresentar, certo? Ele também atua, vejam Honeydripper, de 2007 em que ele interpreta o personagem Sonny, junto com Danny Glover. Filme bem-humorado. Recentemente participou do documentário sobre blues e um pouco de suas origens, o nome é ‘Two trains Runnin’ . Suas músicas tem aparecido em alguns filmes e jogos também, como ‘Bright lights’ em Max Payne 3.

Post curto, revisitemos em alguns anos.

O Spotify recomendou a banda The Sheepdogs como de sonoridade parecida à do Gary, eu concordei (em partes), embora eles não sejam tão emocionados nos acordes, bem mais rock, grass.

 

Opiniões?

Escutem e comentem!

 

 

Renan Gonçalves

Geek assumido. Historiador, assíduo leitor, consumidor de cultura pop (o pop não poupa ninguém). Apaixonado por dinossauros e filmes desde que vi Jurassic Park no cinema! O filme que me desvirginou em 93. Fã de carteirinha de James Bond, desde que vi ele saindo com várias mulheres em todos os filmes, mas ele não me desvirginou (Eu acho). Apelido NAN ou Gaúcho, pois uso nó maragato e até de ginete algumas vezes!