“Pude trabalhar com Mel Gibson e Martin Scorcese por não ter feito Homem-Aranha 3”, afirma Andrew Garfield

Dois anos após sua última interpretação como Homem-Aranha na fracassada franquia O Espetacular Homem-Aranha, Andrew Garfield revelou que está feliz com os rumos que sua carreira tomou após o fim de sua passagem enquanto Peter Parker nos cinemas.

Em recente entrevista ao site Fandango, o ator confirmou um certo alívio e que enxerga as grandes oportunidades que teve após seu afastamento, assim como as suas impressões de seu sucessor enquanto Cabeça de Teia, Tom Holland: “Para ser honesto, eu não poderia trabalhar com Mel Gibson e Martin Scorsese se tivesse feito Homem-Aranha 3. Sou incrivelmente grato que agora posso ir e assistir um ator fantástico como Tom Holland interpretando Homem-Aranha“.

Garfield também afirmou que sempre foi um dos grandes defensores da volta do personagem para o Marvel Studios e que está curioso para ver o próximo longa solo do herói. O ator é o destaque de Hacksaw Bridge, drama de guerra dirigido por Gibson, e Silence, comandado por Scorcese e com estreia prevista para dezembro deste ano.

Spider-Man: Homecoming tem estreia marcada para 6 de julho de 2017.

Pedro Ornellas Ribeiro

Apenas um cara comum que é considerado estranho por ter lido 3 edições dos Dicionários dos Cineastas e se lembrar do ano de lançamento, nomes e obras de diversos diretores quando era menor. (Ok, isso é um pouco estranho mesmo) Publicitário, mas que sempre quis trabalhar com cinema. Acredita que as pessoas não são ruins, elas só estão perdidas. Talvez por isso ainda acredite em super heróis. Acredita que o mundo não é binário. Por isso, gosta tanto da DC quanto da Marvel, assim como Star Wars e Star Trek. Ama cinema blockbuster, mas não abre mão de poder assistir um filme alternativo sempre que puder. Não gosta de café. Futebol, política e religião se discutem sim, mas sempre numa boa. Ah, filme favorito? Tubarão (1975), do Spielberg.