Shooter: Confira o review da mais nova estreia do Netflix

Shooter, nova série que estreou quarta passada (16/11) na Netflix, foi desenvolvida pelo canal TNTe tem como protagonista Ryan Phillippe (Damages, Secret & Lies US). A trama foi baseada no livro de Stephen Hunter, que já ganhara uma adaptação para o cinema, com o título Atirador de 2007, esse protagonizado por Mark Wahlberg, que assina a produção da nova série. Na história, Bob Lee Swagger é um atirador de elite e ex-marine que retorna da guerra, na tranquilidade de sua casa na floresta, onde na série vive com sua mulher e filha, ele é requisitado por seu ex-comandante (Omar Opps) para garantir a segurança do presidente dos EUA, que durante um evento, é ameaçado por um sniper russo. Bob aponta o local do possível atentando, porém no dia em questão, é enganado e traído, sendo acusado pelo atentado; sozinho e com todas as forças especiais americanas atrás dele, ele tem que fugir ao tempo que deve provar sua inocência.

shooter2

O enredo apesar de não ser inédito, consegue atrair por sua simplicidade, como fora no filme de 2007, porém algumas mudanças acerca do longa e do livro trazem alguns detalhes interessantes, como a questão do protagonista agora possuir esposa e filha, além de outros detalhes que permitem um aproveitamento maior do formato escolhido, além de proporcionar requintes novos para a história já conhecida, evitando que o espectador apenas receba mais do mesmo. A qualidade técnica empregada esbanja competência, vide a sequência de abertura que já aponta o cuidado com a fotografia na bela floresta usada de palco, os efeitos especiais também se adequam aos novos padrões, podemos ver em tela alguns artifícios visuais, como trajetórias e cálculos que o atirador utiliza em sua missão, elemento que ajuda na imersão da experiência no tema “Sniper”, o principal ponto tratado pela série. A ação no piloto é ainda comedida, porém já demonstra que vai ser bem desenvolvida no decorrer da produção, agradando os entusiastas do gênero e concebendo um Thriller de qualidade.

shooter-jpg11

Shooter é um produto que segue a nova onda de adaptar filmes de sucesso para o formato seriado, algo que já vemos em Frequency e Lethal Weapon, e como nos exemplos utilizados, em momento algum faz feio, ou mancha a trajetória da produção do qual se inspirou. Munidos de uma trama que já configurou um sucesso anteriormente, elas permitem um explorar mais amplo do enredo, geralmente podendo proporcionar uma experiência nova e válida para o espectador. A nova série já chega com o respaldo de uma bela produção e um elenco acertado, além do título estar disponível na Netflix, onde os 10 episódios da temporada inicial estarão dispostos semanalmente no serviço de streaming.

Renan Gonçalves

Geek assumido. Historiador, assíduo leitor, consumidor de cultura pop (o pop não poupa ninguém). Apaixonado por dinossauros e filmes desde que vi Jurassic Park no cinema! O filme que me desvirginou em 93. Fã de carteirinha de James Bond, desde que vi ele saindo com várias mulheres em todos os filmes, mas ele não me desvirginou (Eu acho). Apelido NAN ou Gaúcho, pois uso nó maragato e até de ginete algumas vezes!