Denis Villeneuve afirma que novo Blade Runner não pretende se aprodundar nas origens de Deckard

Denis Villeneuve revelou que Blade Runner 2049 não pretende explicar as origens de Deckard, o personagem vivido por Harrison Ford no filme original de 1982. Em entrevista oferecida ao jornal francês Allocine, Villeneuve afirmou que o mistério é parte essencial do que causou o sucesso do primeiro filme.

“Era muito importante para mim não quebrar as tensões ou mistérios mantidos pelo filme original de Ridley Scott. Não quero desvendar tudo. É sabido que o ciclo de vida de um replicante da Nexus 6 é de quatro anos. Além disso, o retorno de Harrison Ford seria uma pista sobre sua natureza, mas não necessariamente os dois fatos estão relacionados”, contou o diretor.

O elenco conta com o retorno de Harrison Ford e a adição de Ryan Gosling como novo protagonista, além de Jared Leto (Esquadrão Suicida), Mackenzie DavisLennie James, Barkhad AbdiDavid Dastmalchian (Homem-Formiga), Hiam AbbassRobin Wright e Dave Bautista (Guardiões da Galáxia).

Blade Runner 2049 tem estreia prevista para 6 de outubro de 2017.

Pedro Ornellas Ribeiro

Apenas um cara comum que é considerado estranho por ter lido 3 edições dos Dicionários dos Cineastas e se lembrar do ano de lançamento, nomes e obras de diversos diretores quando era menor. (Ok, isso é um pouco estranho mesmo) Publicitário, mas que sempre quis trabalhar com cinema. Acredita que as pessoas não são ruins, elas só estão perdidas. Talvez por isso ainda acredite em super heróis. Acredita que o mundo não é binário. Por isso, gosta tanto da DC quanto da Marvel, assim como Star Wars e Star Trek. Ama cinema blockbuster, mas não abre mão de poder assistir um filme alternativo sempre que puder. Não gosta de café. Futebol, política e religião se discutem sim, mas sempre numa boa. Ah, filme favorito? Tubarão (1975), do Spielberg.