Carrie Fisher: Carreira e outros trabalhos

É certo que Carrie Fisher ganhou o mundo com seu papel na saga mais importante da história do cinema e da cultura pop, logo é mais que justificável a comoção acerca de sua trágica e prematura partida. O que poucos sabem é de sua trajetória em outros longas, não foram tantos ou mesmo papéis de grande destaque, mas a atriz brilhou ao entregar personagens carismáticas e pontualmente fortes naquilo que lhe fora atribuído durante sua carreira.

Americana de Beverly Hills, é importante pontuar que a atriz nasceu em berço artístico, seu pai Eddie Fisher fora um renomado músico e sua mãe Debbie Reynolds, que infelizmente faleceu apenas um dia após a filha, foi uma atriz de grande sucesso. Todd Fisher, seu irmão, atuou com produtor, e suas meias irmãs por parte de pai, Joely Fisher e Tricia Leigh Fisher, também tiveram papéis como atrizes em variados trabalhos. Vale lembrar que Carrie enfrentou cedo o divórcio de seus pais, tendo ainda seu pai se casando novamente com uma das atrizes mais renomadas de Hollywood, Elizabeth Taylor.

Carrie começou seus estudos cênicos em 73, quando entrou para London’s Central School of Speech and Drama. Em 78, foi aceita no Sarah Lawrence College, uma das escolas de artes de maior prestígio, porém teve que deixar o curso em prol das filmagens de Star Wars, do qual a atriz já fazia parte. É importa ressaltar que desce cedo, por sua família artística, ela esteve envolvida com vários trabalhos dentro do meio, inclusive em seus 15 anos cantou no musical Irene da Broadway. Seu primeiro papel no cinema foi em Shampoo, uma das comédias mais cultuadas da década, o ano era 1975 e a jovem Fisher já encantava, apesar de sua breve participação. Na mesma década, veio o papel que marcaria para sempre sua vida, o da Princesa Leia Organa na saga Star Wars, do qual reviveu nos dois filmes posteriores da franquia O Império Contra-Ataca (1980) e O Retorno de Jedi (1983). E recentemente retornou ao papel no Episódio VII – O Despertar da Força de 2015.  Em 1986 a atriz participou de Hannah e Suas Irmãs, do diretor Woody Allen, no papel da jovem April. Já em 1989, Carrie esteve ao lado de Tom Hanks na comédia Meus Vizinhos São Um Teror, interpretando Carol, esposa de Hanks. Ainda em 89, foi coadjuvante em Harry & Sally: Feitos Um Para o Outro e para encerrar o ano fez uma pequena participação em Loverboy. Já na década de 90, a atriz esteve na pele de uma sínica personagem em Segredos de uma NovelaContinuando na década, apareceu também em Hook: A Volta do Capitão Gancho (1991) Austin Powers: Um Agente Nada Discreto (1997). Já nos anos seguintes atuou em produções como Pânico 3 e As Panteras, e também em séries como The Big Bang Theory e Sex & The City, onde interpretou uma sátira de si própria.

Muitos foram os trabalhos que marcaram a trajetória de nossa querida Carrie, sendo possível conferir na íntegra Aqui. Mas é certo que a Princesa Leia sempre estará eternizada em nossos corações, por seu carisma e postura em uma época que a mulher pouco tinha voz para tamanho papel. Fica nossa breve, mas sensível homenagem à atriz que apesar de ter partido, viverá!

 

Renan Gonçalves

Geek assumido. Historiador, assíduo leitor, consumidor de cultura pop (o pop não poupa ninguém). Apaixonado por dinossauros e filmes desde que vi Jurassic Park no cinema! O filme que me desvirginou em 93. Fã de carteirinha de James Bond, desde que vi ele saindo com várias mulheres em todos os filmes, mas ele não me desvirginou (Eu acho). Apelido NAN ou Gaúcho, pois uso nó maragato e até de ginete algumas vezes!