Square Enix está fazendo uma mega promoção em sua linha GO para smartphones

A Square Enix lançou uma promoção imperdível para sua série GO em smartphones. Lara Croft Go, Deus Ex Go e Hitman Go estão sendo vendidos, cada um, por apenas R$3,39. Um desconto de 80%!

São jogos de puzzle que misturam elementos de jogos de tabuleiro. Você move o personagem pelo tabuleiro, e precisa achar um caminho (ou montar um caminho) para cumprir o objetivo da fase.

A linha de aprendizado do jogo é muito interessante. Em Hitman, por exemplo, em uma fase você chega pelo flanco em um guarda e mata ele, na próxima fase, o caminho passa pela frente do guarda, mas assim que você passa pela frente dele, ele te mata. Você entende que precisa buscar outro caminho para chegar no guarda pelo flanco e matar ele para liberar o caminho.

O começo é muito fácil, só para conhecer a mecânica dos desafios, mas lá pelo meio, os desafios começam a se misturar na mesma fase, e exigem horas de quebra cabeça para seguir adiante.

A arte dos jogos também é muito boa, causa uma grande imersão no cenário. Destaque para Hitman que brinca com o conceito de jogo de tabuleiro em seu estilo.

Mesmo sem explicar muito o que está acontecendo, esse gameplay dá uma ideia da mecânica de jogo, com os adversários se movendo ao mesmo tempo em que você se move, dando todo o tempo do mundo para você pensar em como passar por todos os desafios para completar seu objetivo.

 

Se interessou? Adquira o Lara Croft Go clicando aqui, Deus Ex Go clicando aqui e Hitman Go clicando aqui! Todos os links são para o Google Play.

Roj Ventura

Roj Ventura foi, em 2001, responsável pelo experimento social "Predacolândia", realizado em um tanque de 500 litros com diversos animais de água doce. O projeto era pay-per-view, mas a revolta de vários grupos ecológicos levou ao encerramento do experimento em 2004, com a liberação dos animais sobreviventes no Clube de Campo de Catanduva (que foi interditato no mesmo ano, sem divulgação da causa, pelo Departamento Estadual de Zoonoses). Por motivos federais, Roj Ventura mudou-se para o exterior (provavelmente algum país da América Latina) e aguarda a finalização das investigações da "Operação Tucumã" para poder voltar ao país.