[RobotTips] Jogue de graça Middle Manager of Justice

E estamos de volta com mais uma RobotTips, depois de um longo período de ausência! Para repor esse período distante e trazendo ainda a vibe de super heróis, apresentamos Middle Manager of Justice, um jogo de administração de base de super-heróis, onde o melhor de tudo é que é DE GRAÇA!

No game, você é um gerente intermediário de justiça que deve cuidar da base, administrar as atividades dos super-heróis e gerenciar os combates mais complicados. Na base, o gerente deve cuidar para que os super-heróis treinem suas habilidades, desenvolvam novos poderes, descansem, e vendam lembrancinhas para os fãs.

Nas ruas, ele deve cuidar para que as ameaças de todas as vizinhanças sejam eliminadas, senão, a contribuição para a Sala de Justiça cai.

Cada ameaça tem um nível de dificuldade, as mais fáceis podem ser resolvidas por apenas um herói, outras, precisam do time completo. Além disso, você pode apenas delegar o combate para o super-herói resolver automaticamente (se as chances de vitória forem maiores do que 50%), ou então, gerenciar a luta clicando em poderes e bônus.

O ponto forte do jogo é o humor, cada personagem tem características únicas, e diálogos específicos para cada situação.

O ponto fraco é que, mesmo podendo recrutar até 10 personagens, só dá para deixar 4 super-heróis ativos na base.

A mecânica do jogo tem a ver com tempo, você deve aproveitar cada segundo para manter os personagens, inclusive o seu gerente, em atividades que darão o melhor retorno possível, pois a cada vizinhança desbloqueada, o desafio aumenta.

O link para Android está aqui, por mais que eu (Roj) tente não colocar, vem sempre o revisor e insere o link para iOS, então, está aqui! Divirtam-se!

 

Roj Ventura

Roj Ventura foi, em 2001, responsável pelo experimento social "Predacolândia", realizado em um tanque de 500 litros com diversos animais de água doce. O projeto era pay-per-view, mas a revolta de vários grupos ecológicos levou ao encerramento do experimento em 2004, com a liberação dos animais sobreviventes no Clube de Campo de Catanduva (que foi interditato no mesmo ano, sem divulgação da causa, pelo Departamento Estadual de Zoonoses). Por motivos federais, Roj Ventura mudou-se para o exterior (provavelmente algum país da América Latina) e aguarda a finalização das investigações da "Operação Tucumã" para poder voltar ao país.